Na mesma noite, dois super shows de bandas paulistanas, com o mesmo ingresso! às 20h, Stratus Luna. às 22h , Violeta de Outono.

 

É para não perder!

banda de rock psicodélico-progressivo Violeta de Outono sobe ao palco do Teatro da UMC para tocar seu último álbum, “Spaces”, lançando recentemente.

Completando uma trilogia iniciada em 2007, com o álbum “Volume 7”, e continuada em “Espectro”, de 2012, o Violeta de Outono lançou seu novo álbum, “Spaces”, no final de 2016, numa segunda fase da banda, que surgiu originalmente como um power-trio em meados dos anos 1980, e se transformou em quarteto após a adição de teclados por volta de 2005.

Neste show, a banda apresentará o novo e último álbum na íntegra, além de composições que fazem parte dos álbuns anteriores e que definiram o som do grupo nos últimos dez anos.

O Violeta de Outono foi formado em 1984 em São Paulo, moldando sua própria sonoridade ao misturar as tendências correntes na época com a psicodelia de Pink Floyd/Beatles, e rapidamente ganhou a atenção de público e mídia. Ao longo de 30 anos de estrada, a banda se manteve paralela ao mainstream, obtendo uma reputação cult e projeção internacional. Seu primeiro LP, homônimo, de 1987, é marcado por uma psicodelia envolta em sombras que conseguiu a proeza de angariar fãs de rock progressivo e dos estilos pós-punk e dark/gótico.

O Violeta de Outono lançou diversos álbuns desde 1986, marcados por duas fases distintas: um power-trio nos anos 1980, e o quarteto atual, que se consolidou com o lançamento do álbum “Volume 7” em 2007 – um novo marco para o som do grupo, aproximando-se mais da sonoridade progressiva dos anos 1970, sem deixar de lado as passagens instrumentais psicodélicas características da banda. Em 2012, o grupo lançou o CD “Espectro”, e agora, em 2016, o álbum “Spaces” vem continuar essa jornada.

O fundador do Violeta de Outono, Fabio Golfetti, é atualmente o guitarrista da lendária banda psicodélica inglesa GONG, criada em 1969 por Daevid Allen. Fabio tem excursionado por Reino Unido, Europa e Japão com o GONG desde 2012, e gravou com eles o álbum “I See You”, lançado em 2014. Em setembro de 2016, lançou também o novo álbum do GONG, intitulado “Rejoice! I’m Dead!”, dedicado a Daevid Allen, falecido em 2015.

SONY DSC

 

FICHA TÉCNICA

Músicos:

Fabio Golfetti – guitarra
Gabriel Costa – baixo
Fernando Cardoso – teclados
José Luiz Dinóla – bateria

Técnicos:

Américo Almeida (Meme) –  engenheiro de PA
Gabriel Golfetti – auxiliar palco
Iluminador/ efeitos visuais a confirmar

 

REPERTÓRIO

1. Além do Sol
2. Imagens
3. Kevinland
4. Parallax T-Blues
5. Imagens (reprise)
6. A Painter of the Mind
7. Flowers on the Moon
8. Cidade Extinta

Stratus Luna é uma banda Brasileira de Rock Progressivo formada pelo baterista Giovanni Santhiago Lenti, o tecladista Gustavo Santhiago e o guitarrista Ricardo Santhiago.

Inspirados por várias vertentes contemporâneas do rock e do jazz  (e algumas reminiscencias significativas do Rock Progressivo da década de 70) se conduzem pelo caminho da música instrumental, explorando climas complexos através de uma marcante personalidade musical.

O grupo foi fundado em 2007 quando os integrantes, então muito (mas muito) jovens, participaram de vários programas de tv destinados ao público “mirim”. Desde então a banda tem evoluido ano a ano até chegar aos atuais níveis de excelencia instrumental. O repertório aborda temas autorais, onde se faz presente um importante domínio e capacidade de síntese dos elementos conceituais que definem o trabalho do grupo e algumas releituras de clássicos do rock progressivo (como 21st century Schizoyd man, do lendário King Crimson, que, geralmente tem um lugar de destaque nas apresentações da banda).

O som do Stratus Luna é também bastante peculiar em função da formação adotada (teclado, guitarra e bateria) onde o teclado e a bateria ocupam o espaço de frequencia geralmente preenchido (numa formação de rock clássica) pelo baixo elétrico. Esta solução instrumental não é nova (vide “the Doors” ou o disco “Jeff Beck´s Guitar Shop”, entre outros), mas adiciona ulterior personalidade ao som do trio.

SERVIÇO

Data: 18 de Novembro

Horário: 20h

Ingressos: Inteira R$50 – Meia R$25

Local: Teatro UMC – Av. Imperatriz Leopoldina, 550

Vendas online: www.compreingressos.com